Um espetáculo teatral em que três mulheres viviam em um cubo supostamente ultrafeliz, mas onde plantas não nasciam e os dias eram idênticos. Uma pandemia mundial que perverteu a sensação de realidade, tempo e espaço, onde um dia pode parecer dois anos e um ano dura mais que uma década.

Um filme que vem desse caldo, na sucessão desses anos-décadas, um documentário ficcional em que a cidade urra, sonha ou, no mínimo, pede atenção. 
As ultraVioleta_s propõem uma reflexão urbanonírica partindo de sua obra Há Dias Que Não Morro e chegando ao momento atual, onde Aline Olmos e Laíza Dantas se vêem agarradas ao que resta: a Kombi-mascote La Fênix, o cubo-cenário do espetáculo e um desejo de que algo aconteça.
Idealização: ultraVioleta_s 
Direção: Aline Olmos e Laíza Dantas 
Direção Audiovisual e Montagem: Bruna Lessa 
Roteiro: Aline Olmos e Laíza Dantas 
a partir do texto original, “Há Dias Que Não Morro”, de Paloma Franca Amorim 
e da dramaturgia criada por Aline Olmos, Laíza Dantas, Paloma Franca Amorim, Paula Hemsi e José Roberto Jardim. 
Direção de Fotografia: Cacá Bernardes 
Trilha Sonora: Hedra Rockenbach 
a partir da trilha original composta por Rafael Thomazini e Vinícius Scorza 
Dublagem: Mariana Zink
Performer (palhaço): Rodrigo Fidelis 
Projeto Gráfico: Bijari 
Produção: Corpo Rastreado e ultraVioleta_s 
Produção Audiovisual: Bruta Flor Filmes 
Locação de carro e motorista: Murilo Gil 
Locação de caminhão e motorista: Newton Steler de Almeida 
Locação: Fazenda Serrinha
Contrarregra: Fabrício Panizza
Customização da Kombi (pintura): Cezar Rezende (Basquiat)
Apoio: Goodstorage
Agradecimento: Patrícia Kede Godoy, Gustavo Godoy, Hilary Jo Caldis, Lui Seixas, Gabriela Gonçalves, Geandre Tomazoni, Rodrigo Araujo, Tetembua Dandara, Cia Les Commediens Tropicales (LTC), Giovanna Kelly, Tony Reis, Associação Rural Serrinha, Marcelo Delduque, Fábio Delduque, Mauriceia Rocha.

Este filme foi criado tendo como inspiração a peça teatral “Há Dias Que Não Morro”, criada em 2019 pelo coletivo ultraVioleta_s com direção de Aline Olmos, José Roberto Jardim, Laíza Dantas e Paula Hemsi.

You may also like

Back to Top